Como pagar menos impostos na sua empresa? Aprenda aqui!

Como pagar menos impostos na sua empresa? Aprenda aqui!

Você sabe como pagar menos impostos em sua empresa, respeitando todos os princípios e normas legais que regulamentam os tributos brasileiros? Isso parece uma tarefa muito complexa, entretanto, existem algumas formas de fazer isso que certamente vão surpreender você.

Uma delas e, sem dúvidas, a mais conhecida, é o famoso planejamento tributário. Essa é a ferramenta básica para reduzir o volume de tributos de uma organização, mas que, na maioria das vezes, é negligenciada.

No artigo de hoje, vamos mostrar essa e outras estratégias de gestão tributária para você aplicar no seu negócio e reduzir a sua carga de impostos a pagar. Tem interesse no assunto? Então acompanhe!

Como pagar menos impostos?

Quando se menciona o termo “pagar menos impostos” muitos acreditam que se trata de estratégias para burlar ou contornar a Lei. No entanto, quem pensa assim está muito enganado e precisa de orientação sobre o assunto.

Apesar de a nossa legislação fiscal ser muito ampla e de difícil entendimento, ela possibilitou que os gestores pudessem selecionar várias opções dentro das normas que possibilitem uma boa redução ou até mesmo o adiantamento do pagamento de determinados tributos.

Realmente, existem muitos empresários que tentam burlar a lei para pagar menos impostos — inclusive, pessoas físicas costumam fazer isso para tentar fugir do Imposto de Renda, por exemplo. Porém, existem formas legais e absurdamente mais simples de se fazer isso.

É o que vamos começar a mostrar para você a partir dos próximos tópicos. Confira!

Planejamento tributário

O planejamento tributário é uma das principais ferramentas que respondem a pergunta que fizemos no início deste post. Nele, serão determinadas todas as ações que devem ser feitas para reduzir a carga tributária da empresa, respeitando 100% e estritamente o que é determinado, por lei, em cada tipo de atividade ou área de atuação.

Com o planejamento tributário, o empreendedor poderá ter informações para definir o seu regime de tributação, bem como verificar os vencimentos dos tributos da sua companhia. Além disso, com essa ferramenta é possível fazer levantamentos tributários para verificar a viabilidade do lançamento ou produção de novos produtos ou serviços, abertura de filiais, entre outras ações.

O planejamento tributário é uma ferramenta que deve estar em constante atualização e precisa fazer parte do quadro de relatórios analíticos de um negócio. Ele funcionará como um mapa que guiará o seu negócio rumo a menor carga tributária possível.  

Regime de tributação adequado

Regime tributário ou modalidade de tributação é um conceito que determina a forma que os impostos serão calculados em sua empresa. Essa escola impactará diretamente nas alíquotas de alguns tributos e, principalmente, nas bases de cálculo e aproveitamento de créditos tributários.

Os regimes mais utilizados na atualidade são: o Lucro Real, Presumido e o Simples Nacional. Esse último, costuma ser o mais selecionado, porém, existe um erro muito grande cometido por milhares de empresários e contadores espalhados pelo Brasil.

Por ser um regime tributário mais simplificado, muitos acreditam que ele é sempre a melhor escolha para todo o tipo de organização, mas isso não é totalmente verdade. Existem muitos casos em que um regime mais complexo, como o Lucro Real, torna-se muito mais interessante e possibilita uma redução drástica na carga tributária.

Os impostos que mais são impactados por esse regime de tributação são aqueles que incidem diretamente sobre o lucro do negócio, como o Imposto de Renda para Pessoa Jurídica e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL)

Empreendimentos com taxa de despesas muito altas, costumam ter melhores resultados com regimes como o Lucro Real, por mais que o negócio tenha um faturamento pequeno. Por isso, é muito importante fazer um bom planejamento para selecionar o regime adequado à sua empresa.

Pagamento de tributos no dia correto

Outra estratégia que ajuda a reduzir o custo com tributos é o pagamento em dia dos seus impostos. Isso porque a não quitação dos débitos em dia gera multas e sanções. Portanto, é importante adotar um sistema de gestão de pagamentos em sua empresa. Dessa forma, você não perde prazos e não paga valores adicionais que podem ser gerados pelo atraso no pagamento.

Quais os benefícios da redução da carga tributária?

Depois de perceber como pagar menos impostos com práticas simples, vamos descrever os principais benefícios que a redução da carga tributária vai proporcionar ao seu negócio. Continue lendo!

Menor complexidade e burocracias

Alguns regimes de tributação podem proporcionar menos burocracias e obrigações acessórias para o dia a dia empresarial. Sendo assim, ao selecionar o regime ideal, você evita possíveis processos desnecessários que são exigidos apenas em outras modalidades.

Maior controle

Ao reduzir a complexidade da carga tributária ou manter o regime correto sendo apurado mensalmente, você terá mais controle sobre as operações que são efetuadas em seu estabelecimento, podendo observar de perto a apuração e o pagamento de tributos em seu negócio.

Maior lucratividade para o seu negócio

Por fim, o principal benefício da redução da carga tributária é o aumento da lucratividade. Sabemos que os impostos consomem boa parte do faturamento do negócio, sendo assim, ao reduzir as alíquotas e bases de cálculo, automaticamente, o seu lucro aumentará.

Incontáveis empresas já foram à falência — e milhares de outras ainda chegarão a este ponto — pelo simples fato de falharem na hora de determinar as premissas básicas para a apuração e recolhimento dos seus impostos. Um equívoco no planejamento tributário e definição do regime de tributação pode fazer um empreendimento ter dificuldades financeiras em poucos meses.

O problema fica ainda maior quando destacamos o fato de que o regime tributário não pode ser alterado no curso de um ano calendário, pois a empresa deve permanecer nele até o último dia do ano corrente, podendo ser alterado apenas após o primeiro dia de janeiro do período seguinte. Por isso, é muito importante ter atenção na definição desse critério.

Agora que você já sabe como pagar menos impostos em sua empresa, não perca tempo e aproveite todas essas dicas o quanto antes. Assim, será possível obter os benefícios de forma mais rápida e contribuir ainda mais para o crescimento do seu negócio.

Gostou deste artigo? Que tal continuar aprendendo sobre o assunto? Então descubra o que é elisão fiscal e veja mais dicas para reduzir a carga tributária da sua empresa.

Sobre o autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banner

Share This