Conheça os impactos da ruptura de estoque e como evitar que aconteça

Conheça os impactos da ruptura de estoque e como evitar que aconteça

Independentemente do momento vivido pelo mercado, seja a crise ou a abundância, evitar a ruptura de estoque deve ser uma busca constante em todo empreendimento que deseja ter sucesso na sua área de atuação.

Quando esse tipo de problema ocorre, a empresa é impactada de diversas formas. Além de gerar prejuízos financeiros, ele também é capaz de fragilizar a sua relação com alguns clientes, portanto, trata-se de um processo que precisa ser evitado.

Porém, como fazer isso, considerando o fato que muitos gestores sequer conhecem a origem do problema? Neste artigo, mostraremos a definição de ruptura de estoque, causas e como ela pode ser evitada. Acompanhe!

O que é a ruptura de estoque?

Ruptura de estoque, como o próprio nome já sugere, é a ausência de determinado produto necessário para atender a demanda de clientes em um exato momento. Em outras palavras, significa, simplesmente, perder uma venda pelo fato de não ter determinado produto disponível naquele horário. No entanto, os males causados por ela se estendem ao momento específico de uma venda.

Essa ruptura pode ocorrer por vários motivos, sendo o principal a falta de planejamento e gestão de estoque. Além disso, outro causador é o desalinhamento entre a capacidade de atendimento de seus clientes e a frequência de reposição de produtos. Por fim, a causa principal é a falta de gestão em todo o processo de compra e venda realizados pelo estabelecimento.

Quanto às consequências da ruptura de estoque, você já consegue avaliar quando ela pode ser prejudicial à saúde financeira da empresa. No entanto, esses malefícios vão um pouco mais além e podem impactar negativamente outras áreas. Vamos discorrer mais sobre isso no final deste artigo.

Como evitar a ruptura de estoque em uma empresa?

Agora que você entendeu o que é ruptura de estoque na empresa e os principais causadores desse tipo de problema, vamos mostrar como você pode organizar o seu estoque para evitar a falta de produtos. 

Tenha um processo de reposição eficiente

O primeiro passo é garantir a eficiência do seu processo de reposição. Quando executado de forma correta, sua empresa garante mais segurança nas vendas e, consequentemente, terá uma lucratividade aumentada, evitando os prejuízos que são causados pela ruptura de estoque e pela perda de produtos.

Conheça bem seus consumidores

Outro ponto importante é conhecer bem o perfil de compra dos seus consumidores. Ao entender seus hábitos de compra, você tem mais chances de acertar a quantidade necessária de mercadorias que precisará ser adquirida para suprir as suas necessidades.

Dessa forma, também vale a pena destacar a importância de não ser conquistado por promoções e condições de pagamentos diferenciados sem antes verificar se existe a necessidade da aquisição daqueles produtos.

Saiba selecionar fornecedores

Outro ponto importante é saber selecionar bem os fornecedores que atenderão sua empresa. Você precisa ter um bom relacionamento com eles e garantir que sejam capazes de fornecer toda a mercadoria necessária para suprir as suas necessidades de estoque na data em que forem solicitadas.

Essa é uma estratégia que merece um destaque especial. Afinal, se você não puder contar com fornecedores de confiança, correrá sérios riscos de ficar desabastecido por um bom tempo, gerando, assim, uma ruptura de estoque e todos os transtornos que este problema traz consigo.

Portanto, além de selecionar aquelas empresas que oferecem os melhores prazos, preços e condições de pagamento, também é importante verificar se ela é capaz de atender suas necessidades no tempo necessário para evitar o desabastecimento dos seus produtos.

Monitore os prazos

Aproveitando o que foi mencionado no tópico anterior, você também precisa criar um procedimento detalhado para monitorar os prazos em que as mercadorias chegam em seu estabelecimento. Isso é necessário para conseguir programar as compras e, posteriores, recebimentos desses produtos.

Utilize a tecnologia para gerenciar seu estoque

Não há mais como imaginar a gestão de estoque sem o apoio de ferramentas tecnológicas para fazer o controle de entradas e saídas de produtos. Portanto, se você quer evitar a ruptura nesse setor de sua empresa, não tenha medo de investir em tecnologia para garantir seu melhor gerenciamento.

Atualmente, existem ferramentas capazes de controlar a entrada e saída de produtos de forma automatizada por meio das notas fiscais emitidas ou recebidas. Além disso, eles também oferecem a emissão de relatórios analíticos detalhados para que seja verificada a situação do seu estoque em tempo real.

Faça revisões periódicas

Outro ponto importante é fazer revisões periódicas no seu estoque para consultar os dados contidos em seu sistema de controle, como as informações que efetivamente estão consolidadas — produtos na prateleira, por exemplo. Isso evita que você se engane com possíveis erros que podem acontecer na alimentação de dados do software de gestão.

Crie uma rotina de controle de estoque

Além disso, é necessário que você crie uma rotina de controle de estoque muito bem definida e clara para seus colaboradores, de modo que todas as atividades necessárias para a perfeita gestão dessa área estejam abrangidas dentro dessa rotina que será elaborada.

Quais os impactos que a ruptura de estoque gera em um negócio?

Como mencionamos, os impactos da ruptura de estoque ultrapassam a simples perda de determinadas vendas pontuais. Ela pode impactar diretamente no relacionamento com os seus clientes. Afinal, dificilmente um consumidor voltará ao seu estabelecimento sabendo que parte das suas necessidades não foram atendidas.

Nesse contexto, podemos verificar que a ruptura de estoque não interfere apenas em vendas pontuais, mas, sim, em toda a geração de resultados do seu negócio, podendo trazer prejuízos consideráveis a longo prazo. Além disso, esse problema também pode minar a sua credibilidade perante o mercado. Sua empresa pode ficar conhecida como aquela que não é capaz de atender às necessidades básicas dos seus consumidores.

Apesar disso, podemos concluir que, seguindo as dicas que mencionamos neste artigo, você poderá trabalhar para evitar a ruptura de estoques do seu estabelecimento, contribuindo para que a sua empresa não sofra mais com esses problema e, além disso, tenha uma melhor gestão de seus estoques.

Gostou deste artigo? Que tal compartilhar ele em suas redes sociais. Assim, mais pessoas terão acesso a esse conhecimento tão valioso para o desenvolvimento de seus empreendimentos e todo mundo sairá ganhando! 

 

Sobre o autor

Fazenda Contabilidade

Com mais de 40 anos de história, a Fazenda Contabilidade é uma empresa tradicional. Mas tradição não é olhar para trás e se manter preso ao passado. É ter conhecimento e segurança para que os próximos passos sejam dados com firmeza. É a história de quem sempre inovou e vai continuar inovando, para atender cada vez melhor aos seus clientes. A Fazenda é uma assessoria empresarial completa, com um time de profissionais de diversas áreas que, juntos, vão cuidar de todos os processos da sua empresa. Com a tradição de quem inova há mais de 40 anos, temos o know-how e a qualidade necessários para ser seu melhor parceiro de negócios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banner

Share This