Descubra as 9 melhores dicas de como reduzir custos na empresa

Descubra as 9 melhores dicas de como reduzir custos na empresa

Um dos fatores fundamentais para o aumento da eficiência econômica empresarial é a existência de uma gestão financeira que busca a redução de custos. As empresas de médio e grande porte, quando comparadas às pequenas empresas, correm maior risco de verem corroída a sua margem de lucro, em função da robustez das suas operações.

A revista Exame afirma em uma reportagem que apenas 5% das empresas familiares chegam às mãos dos seus descendentes de terceira geração.

Entre as principais causas para esse insucesso estão a falta de comunicação entre os gestores e a dificuldade em implantar mudanças. Então, como reduzir custos na empresa? Descubra neste post!

1. Convença a cúpula administrativa

Apresente, com bons argumentos, os benefícios da implantação de mecanismos de redução de custos. Se necessário, você pode embasar o seu argumento da seguinte maneira:

  • com cautela, identifique um desperdício na empresa;

  • calcule e projete os ganhos para um período de 12 meses;

  • prepare uma apresentação.

2. Automatize processos operacionais e financeiros

Conheça, detalhadamente, cada processo operacional realizado na empresa. Em posse desse conhecimento, documente novos processos e automatize a maior quantidade possível. O resultado imediato será a redução de erros administrativos e um incremento na produtividade dos colaboradores.

A automatização dos processos financeiros deverá ser completa, pois permitirá o mapeamento e classificação de todos os custos da empresa. Esses procedimentos serão indispensáveis para coordenar a redução de desperdícios em larga escala.

3. Implante um sistema efetivo de controle de estoques

A empresa deverá implantar um sistema que permita controlar todas as mercadorias de forma prática. Essa necessidade é vital para reduzir custos, pois boa parte do prejuízo que ocorre nesse segmento decorre da má administração do estoque. Dessa forma, será possível solucionar os seguintes problemas:

  • produtos vencidos: a implantação de um bom sistema de estoque permitirá o controle dos prazos de vencimento das mercadorias, contribuindo para elaboração de estratégias de vendas antecipadas;

  • deterioração de perecíveis: supermercados que têm açougue, padaria ou peixaria precisam ter um controle muito apurado dessas mercadorias, já que elas estragam facilmente. O intervalo de compra e venda desses produtos deverá estar bem controlado à fim de evitar perdas;

  • inconsistências de estoque: a implantação de metodologias de realização de inventário, bem como a elaboração de relatórios de auditoria visando esclarecer as diferenças de estoque. Nesse contexto, pode-se  implantar um sistema de premiações para a equipe caso a diferença entre os dados do inventário e da auditoria atinja índice satisfatório.

Fonte: Pexels.com | Crédito: Pixabay

4. Diminua custos treinando funcionários

Ao comunicar aos funcionários sobre a nova iniciativa, você estará unindo e profissionalizando o seu pessoal em torno do objetivo da empresa.

  • reduza a rotatividade: demitir um funcionário implica custos sociais e trabalhistas. Por isso, antes de dispensar um colaborador prefira treiná-lo e peça que ele melhore;

  • evite quebras operacionais: entenda os produtos que sofrem mais perdas durante o seu manuseio e acondicionamento. Estude as causas e forneça treinamento específico. Mais de 30% das perdas em supermercados têm como causas a quebra operacional. O manuseio de um lote de caixa de celulares, por exemplo, é bem diferente do manuseio de um lote caixas de biscoitos;

  • ofereça premiações: crie campanhas de prevenção de perdas e redução de custos. Trabalhe com indicadores e ofereça bonificações para o cumprimento de metas;

  • trabalhe com benchmarking: para fazer frente à concorrência, os indicadores da empresa deverão estar referenciados nos indicadores de desempenho do segmento. No varejo alimentar, a Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) elabora relatórios fornecendo as médias de desempenho dos agentes do mercado. A empresa deve estar sempre atenta aos resultados dos concorrentes e ao seu modo operacional, a fim de otimizar os seus processos.

5. Reduza custos na empresa investindo em segurança

Mais de 30% das perdas de supermercados estão relacionadas à ocorrência de furtos internos (efetuado por colaboradores) e externos (efetuado por clientes).

  • instale armários e lacradora de sacolas: evitará que os clientes entrem na loja portando sacolas ou mochilas, reduzindo o risco de furtos;

  • implante etiquetas antifurto: poderão ser utilizadas em classes de produtos que sejam mais frequentemente furtados ou em produtos de alto valor. Caso a etiqueta não seja desativada pelo ato da compra, um alarme será disparado no momento em que o produto cruzar o sensor de conferência;

  • implante um Circuito Fechado de Televisão (CFTV): a instalação de câmeras é uma boa aliada para evitar tanto furtos internos como externos. Esse recurso tecnológico também permitirá avaliar o adequado manuseio dos produtos pelos colaboradores;

  • utilize rádios comunicadores: será essencial para a comunicação das equipes durante a interceptação de furtos. Para casos mais graves, considere terceirizar as equipes de segurança.

6. Negocie com fornecedores

Faça levantamentos dos seus principais fornecedores e realize negociações. Exemplos:

  • bancos: calcule o montante total pago em tarifas bancárias durante um período de 12 meses. Consulte os benefícios que lhe são oferecidos por esse valor e faça comparações. Vá até o banco e negocie;

  • máquinas de cartões: com o aumento do número de empresas concorrentes nesse ramo, as taxas variam muito e abrem boa margem para negociação;

  • internet e telefone: analise as contas de internet e telefone e compreenda como esses serviços são utilizados pela sua empresa. Há planos mais indicados para cada necessidade e você pode estar pagando mais por estar com um plano inadequado.

7. Reduza o uso de descartáveis

Conscientizar os funcionários sobre a importância de preservar o meio ambiente é uma ótima estratégia para reduzir despesas.

  • papéis: imprima somente os documentos desnecessários. Prefira ter um arquivo virtual, em vez de armários cheios e montanhas de papéis em cima da mesa. Reaproveite os papéis impressos para fazer rascunhos;

  • impressoras: economize cartuchos padronizando as impressoras para o modo econômico e configurando o modo frente e verso;

  • copos de plástico: uma equipe de 25 funcionários pode consumir mais de 20 mil copos plásticos por ano. Incentivar o uso de canecas significa uma economia de, no mínimo, R$ 700,00 anuais.

8. Diminua a conta de energia elétrica

Instalar sensores de presença é uma boa iniciativa para reduzir custos com energia elétrica. Durante a movimentação dos funcionários pela empresa, luzes podem ficar acesas sem necessidade. Mapeie esses locais e substitua os interruptores por sensores de presença.

Considere substituir as lâmpadas incandescentes e fluorescentes por lâmpadas de LED, pois são as mais econômicas. Utilize o ar condicionado somente nas horas mais quentes do dia, considerando cada estação do ano e o padrão climático da região.

9. Faça uso da capacidade produtiva ociosa

  • áreas inutilizadas: uma empresa eficiente busca extrair receita de todas as áreas da empresa. Um estacionamento extremamente grande, por exemplo, que nunca é preenchido completamente, é um desperdício. Alugue para terceiros ou implante novos serviços. Em datas comemorativas, realize eventos com músicos e artistas locais, atraia mais clientes e destaque a sua marca frente aos concorrentes;

  • mão de obra ociosa: verifique os momentos em que há menor movimento e escolha alguns colaboradores para realizar pesquisas de opinião com os clientes. Conhecer melhor a visão da clientela sobre a empresa favorece a implantação de mudanças relevantes nas atividades do negócio.

A tecnologia também é uma excelente aliada para realizar pesquisas de opinião. Você pode fazer enquetes em suas redes sociais ou abrir espaço virtual para elogios, críticas e sugestões.

Gostou das dicas de como reduzir custos na empresa? Preparado para colocar essas ideias em prática? Siga-nos no Facebook e Linkedin e fique sempre atualizado com o melhor conteúdo para a sua empresa!

 

Sobre o autor

Fazenda Contabilidade

Com mais de 40 anos de história, a Fazenda Contabilidade é uma empresa tradicional. Mas tradição não é olhar para trás e se manter preso ao passado. É ter conhecimento e segurança para que os próximos passos sejam dados com firmeza. É a história de quem sempre inovou e vai continuar inovando, para atender cada vez melhor aos seus clientes. A Fazenda é uma assessoria empresarial completa, com um time de profissionais de diversas áreas que, juntos, vão cuidar de todos os processos da sua empresa. Com a tradição de quem inova há mais de 40 anos, temos o know-how e a qualidade necessários para ser seu melhor parceiro de negócios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banner

Share This